Encontro em Hollywood

http://en.wikipedia.org/wiki/Death_of_Marilyn_Monroe

 

Caminhávamos, alguns amigos, admirando a paisagem do Wilshire Boulevard, em Hollywood, quando fizemos parada, ante a serenidade do “Memoriam Park Cemetery”, entre o nosso caminho e os jardins de Glendon Avenue.

A formosa mansão dos mortos mostrava grande movimentação de Espíritos libertos da experiência física, e entramos. Tudo, no interior, tranqüilidade e alegria.

Os túmulos simples pareciam monumentos erguidos à paz, induzindo à oração. Entre as árvores que a primavera pintara de verde novo, numerosas entidades iam e vinham, muitas delas escoradas umas nas outras, à feição de convalescentes, sustentadas por enfermeiros em pátio de hospital agradável e extenso.

Numa esquina que se alteava com o terreno, duas laranjeiras ornamentais guardavam o acesso para o interior de pequena construção que hospeda as cinzas de muitas personalidades que demandaram o Além, sob o apreço do mundo. A um canto, li a inscrição: “Marilyn Monroe – 1926-1962.” Surpreendido, perguntei a Clinton, um dos amigos que nos acompanhavam:

– Estão aqui os restos de Marilyn, a estrela do cinema, cuja história chegou até mesmo ao conhecimento de nós outros, os desencarnados de longo tempo no Mundo Espiritual?

– Sim – respondeu ele, e acentuou com expressão significativa: – não se detenha, porém, a tatear-lhe a legenda mortuária…Ela está viva e você pode encontrá-la, aqui e agora…

– Como?

O amigo indicou frondoso olmo chinês, cuja galharia compõe esmeraldino refúgio no largo recinto, e falou:

– Ei-la que descansa, decerto em visita de reconforto e reminiscência…

A poucos passos de nós, uma jovem desencarnada, mas ainda evidentemente enferma, repousava a cabeça loura no colo de simpática senhora que a tutelava. Marilyn Monroe, pois era ela, exibia a face desfigurada e os olhos tristes. Informados de que nos seria lícito abordá-la, para alguns momentos de conversa, aproximamo-nos, respeitosos.

Clinton fez a apresentação e aduzi:

– Sou um amigo do Brasil que deseja ouvi-la.

– Um brasileiro a procurar-me, depois da morte?

– Sim, e porque não? – acrescentei – a sua experiência pessoal interessa a milhões de pessoas no mundo inteiro…

E o diálogo prosseguiu:

– Uma experiência fracassada…

– Uma lição talvez.

– Em que lhe poderia ser útil?

– A sua vida influenciou muitas vi das e estimaríamos receber ainda que fosse um pequeno recado de sua parte para aqueles que lhe admiram os filmes e que lhe recordam no mundo a presença marcante …

– Quem gostaria de acolher um grito de dor?

– A dor instrui…

– Fui mulher como tantas outras e não tive tempo e nem disposição para cogitar de filosofia.

– Mas fale mesmo assim…

– Bem, diga então às mulheres que não se iludam a respeito de beleza e fortuna, emancipação e sucesso… Isso dá popularidade e a popularidade é um trapézio no qual raras criaturas conseguem dar espetáculos de grandeza moral, incessantemente, no circo do cotidiano.

– Admite, desse modo, que a mulher deve permanecer no lar, de maneira exclusiva?

– Não tanto. O lar é uma instituição que pertence à responsabilidade tanto da mulher quanto do homem. Quero dizer que a mulher lutou durante séculos para obter a liberdade… Agora que a possui nas nações progressistas, é necessário aprender a controlá-la. A liberdade é um bem que reclama senso de administração, como acontece ao poder, ao dinheiro, à inteligência…

Pensei alguns momentos na fama daquela jovem que se apresentara à Terra inteira, dali mesmo, em Hollywood, e ajuntei:

– Miss Monroe, quando se refere à liberdade da mulher , você quer mencionar a liberdade do sexo?

– Especialmente.

– Por quê?

– Concorrendo sem qualquer obstáculo ao trabalho do homem, a mulher, de modo geral, se julga com direito a qualquer tipo de experiência e, com isso, na maioria das vezes, compromete as bases da vida. Agora que regressei à Espiritualidade, compreendo que a reencarnação é uma escola com muita dificuldade de funcionar para o bem; toda vez que a mulher foge à obrigação de amar, nos filhos, a edificação moral a que é chamada.

– Deseja dizer que o sexo…

– Pode ser comparado à porta da vida terrestre, cana l de renascimento e renovação, capaz de ser guiado para a luz ou para as trevas, conforme o rumo que se lhe dê.

– Ser-lhe-ia possível clarear um pouco mais este assunto?

– Não tenho expressões para falar sobre isso com o esclarecimento necessário; no entanto, proponho-me a afirmar que o sexo é uma espécie de caminho sublime para a manifestação do amor criativo, no campo das formas físicas e na esfera das obras espirituais, e, se não for respeitado por uma sensata administração dos valores de que se constitui, vem a ser naturalmente tumultuado pelas inteligências animalizadas que ainda se encontram nos níveis mais baixos da evolução.

– Miss Monroe – considerei, encantado, em lhe ouvir os conceitos -, devo asseverar-lhe, não sem profunda estima por sua pessoa, que o suicídio não lhe alterou a lucidez.

– A tese do suicídio não é verdadeira como foi comentada – acentuou ela sorrindo. – Os vivos falam acerca dos mortos o que lhes vem à cabeça, sem que os mortos lhes possam dar a resposta devida, ignorando que eles mesmos, os vivos, se encontrarão, mais tarde, diante desse mesmo problema…A desencarnação me alcançou através de tremendo processo obsessivo. Em verdade, na época, me achava sob profunda depressão. Desde menina, sofri altos e baixos, em matéria de sentimento, por não saber governar a minha liberdade…Depois de noites horríveis, nas quais me sentia desvairar, por falta de orientação e de fé, ingeri, quase semi-inconsciente, os elemento s mortíferos que me expulsaram do corpo, na suposição de que tomava uma simples dose de pílulas mensageiras do sono…

– Conseguiu dormir na grande transição?

– De modo algum. Quando minha governanta bateu à porta do quarto, inquieta ao ver a luz acesa, acordei às súbitas da sonolência a que me confiara, sentindo-me duas pessoas a um só tempo… Gritei apavorada, sem saber, de imediato, identificar-me, porque lograva mover-me e falar, ao lado daquela outra forma, a vestimenta carnal que eu largara… Infelizmente para mim, o aposento abrigava alguns malfeitores desencarnados que, mais tarde, vim a saber, me dilapidavam as energias. Acompanhei, com indescritível angústia, o que se seguiu com o meu corpo inerme; entretanto, isso faz par te de um capítulo do meu sofrimento que lhe peço permissão para não relembrar…

– Ser-lhe-á possível explicar-nos porque terá experimentado essa agudeza de percepção, justamente no instante em que a morte, de modo comum, traz anestesia e repouso?

– Efetivamente, não tive a intenção de fugir da existência, mas, no fundo, estava incursa no suicídio indireto. Malbaratara minhas forças, em nome da arte, entregara-me a excessos que me arrasaram as oportunidades de elevação… Ultimamente fui informada por amigos daqui de que não me foi possível descansar, após a desencarnação, enquanto não me desvencilhei da influência perniciosa de Espíritos vampirizadores a cujos propósitos eu aderira, por falta de discernimento quanto às leis que regem o equilíbrio da alma.

– Compreendo que dispõe agora de valiosos conhecimentos, em torno da obsessão…

– Sim, creio hoje que a obsessão, entre as criaturas humanas, é um flagelo muito pior que o câncer. Peçamos a Deus que a ciência do mundo se decida a estudar-lhe os problemas e resolve-los…

A entrevistada mostrava sinais de fadiga e, pelos olhos da enfermeira que lhe guardava a cabeça no regaço amigo, percebi que não me cabia avançar.

– Miss Monroe – conclui -, foi um prazer para mim este encontro em Hollywood. Podemos, acaso, saber quais são, na atualidade, os seus planos para o futuro?

Ela emitiu novo sorriso, em que se misturavam a tristeza e a esperança, manteve silêncio por alguns instantes e afirmou:

– Na condição de doente, primeiro, quero melhorar-me… Em seguida, como aluna no educandário da vida, preciso repetir as lições e provas em que fali…Por agora, não devo e nem posso ter outro objetivo que não seja reencarnar, lutar, sofrer e reaprender.

Pronunciei algumas frases curtas de agradecimento e despedida e ela agitou a pequenina mão num gesto de adeus. Logo após, alinhavei estas notas, à guisa de reportagem.

 

Espírito: Irmão X

Médium: Chico Xavier

(Texto enviado por Nilberto)

Pesquisa Cientifíca sobre Visões no Leito de Morte

(Informação por email de Suzuko Hashizume e no site indicado)

Olá amigos

O Dr. Júlio Peres está a fazer pesquisa científica sobre visões no leito de morte.

Quando completarem 1.200 inquéritos, tratarão os dados estatisticamente para publicação num periodico cientifico indexado.

Por favor, se possível divulguem a entrevista para continuarem recebendo os e-mails (veja link abaixo).

 

http://video.globo.com/Videos/Player/Entretenimento/0,,GIM1259166-7822-PSICOLOGO+E+NEUROCIENTISTA+JULIO+PERES+FALA+SOBRE+A+QUASE+MORTE,00.html

Júlio Peres entrevistado por Jô Soares

Como Kardec Recomendou (Artigo de Orson Peter Carrara)

Image

Como se sabe, Allan Kardec, na Codificação da Doutrina Espírita, procedeu com espírito investigativo, utilizando método científico de observação, comparação, para expor suas conclusões e os resultados com base na lógica, no bom senso, e na universalidade dos ensinos, isto é, na coerência e concordância das informações recebidas em diversos lugares, simultaneamente por médiuns desconhecidos entre si. Isto garantiu a solidez das revelações e sempre expondo tudo à luz do raciocínio.

Esse sábio critério utilizado pelo Codificador, que igualmente afirmou que quando alguma informação contrariasse as conquistas da ciência, deveríamos abandonar esse ponto e ficar com a ciência, ao mesmo tempo que deveremos incorporar ao conhecimento as mesmas conquistas científicas, é insuperável, pois que a ciência, ao longo do tempo, somente tem confirmado o que a Doutrina Espírita contém em seus fundamentos.

Eis que o pesquisador Dermeval Carinhana Jr., de Campinas, integrante da ADE – Associação dos Divulgadores do Espiritismo e do portal www.radioespirita.org.br , fez como recomendou Kardec. No belo livro Confrontado a Razão, assinado por Cairbar Schutel e editado pela Mythos, na psicografia de Alaor Borges Jr., Carinhana comentou capítulo por capítulo (são capítulos bem compactos no conhecido estilo daquele autor que, quando encarnado, publicou obras de alto nível doutrinário), analisando o conteúdo psicografado e formando uma obra de referência para estudo e pesquisa do Espiritismo.

Buscando na fonte da Codificação e da Revista Espírita, nos argumentos apresentados para comentar os capítulos psicografados, Dermeval faz um autêntico curso de Espiritismo, em seu caráter doutrinário de buscar as causas de determinadas afirmações e sua coerência com a realidade do espírito imortal, nas considerações apresentadas pelo espírito autor.

Ficou mesmo uma obra empolgante. Toda a grandeza dos textos do Codificador, tanto na visão do espírito autor, como na análise doutrinária de Carinhana, formou uma obra de referência, pelas indicações, pelas pequenas transcrições que embasam os argumentos e comentários, como igualmente pela oportunidade de compreender ainda mais os fundamentos doutrinários e os critérios do Codificador. Isso tudo sem falar, é lógico, na consistência do texto psicografado que forma o livro.

Tenho que indicar a obra. Não posso calar-me. O leitor vai se surpreender, pois que o livro oferece material para exaltar ainda mais a obra de Kardec, sem deixar de novamente causar imensa admiração pelo pensamento lúcido de Cairbar, na fidelidade e sintonia do médium, como pela solidez da argumentação de Dermeval.

Desejo indicá-lo para todo o movimento espírita, com toda ênfase.

Brechó Beneficente (Rio de Janeiro, RJ)

Amigas e amigos:

Repassem aos seus amigos, ajudem a essa causa que é de todos!

Estamos preparando mais um Brechó chique para o dia 31/7 aqui na CFA.

Aos que puderem ajudar, pedimos que separem as roupas e acessórios novos e semi-novos de grifes, que não têm mais utilidade, mandem para nós ou liguem, pois temos como mandar apanhar.

Lembramos que toda a renda será revertida para a manutenção dos projetos sociais da Casa de Francisco de Assis, incluindo a Creche Santa Clara com 72 crianças, que dependem desses eventos.

Divulgando você também estará ajudando!

Agradecemos antecipadamente

Casa de Francisco de Assis

R. Alice, 308 – Laranjeiras

Tels.:(21) 2265-9499/2557-0100

http://www.casadefranciscodeassis.org.br

Bazar permanente na R. Pinheiro Machado, 17-b – Laranjeiras

Temos como apanhar doações

 

(Recebido em email da Casa de Francisco de Assis)

Teatro: Nosso Lar – A Morada da Esperança (Itapira, SP)

ORGANIZAÇÃO:

CASA ESPÍRITA “NHÁ CHICA”

APOIO: USE MUNICIPAL

 

DIA 17 DE JULHO – AS 20:00 HORAS

LOCAL: CLUBE DA SAUDADE.

RUA CARLOS CHAGAS, 169 – ITAPIRA – SP

 

O MAIOR SUCESSO DO TEATRO ESPÍRITA…

Image

 

O VALOR DO INGRESSO É $ 12,00 +

1kg DE ALIMENTOS NÃO PERECIVEL MENOS SAL.

INFORMAÇÕES: NELSINHO 19 – 97202022

JERÔNIMO 19 – 81695912

 

 

 

 

(Informação em email de Otavio Cunha)

Psicografia com Marilusa Moreira Vasconcellos (São Paulo, SP)

O Grupo Bezerra de Menezes informa:

Na próxima terça-feira, 29 de Junho, faremos mais uma sessão de Psicografia (recepção de mensagens escritas por espíritos) com a médium Marilusa Moreira Vasconcellos.
Na programação haverá energização individual dos presentes (passe), palestra sobre tema espírita, bem como a psicografia propriamente dita.
Início às 14h e término às 16:30h.

Local:
ESPAÇO MOREIRA
r. Moreira e Costa, 66
Ipiranga São Paulo -SP

Contatos:
Telefax: 11 2274-3818
http://www.espacomoreira.com.br
espacomoreira@gmail.com

Vale à pena salientar que o evento é totalmente gratuito e que, infelizmente, não podemos garantir a recepção de mensagens a todos participantes, haja vista isso está além de nosso controle.
O contato é feito pelos espíritos aos seus entes queridos e não o contrário, portanto, independe de nossa vontade.

Que todos possam se beneficiar e atingir a felicidade plena,

Merit Aton – coordenadora do Espaço Moreira

 

(Informação em email de Espaço Moreira espacomoreira@gmail.com)

Agenda de Eventos Espírita de Julho de 2010 (Recife e Olinda, PE)

ANIVERSÁRIO DO NEIL – 73 ANOS

Tema central: Mediunidade, Fonte de Luz
Data: de 1 a 29 de julho

Horário: 19h30

Local: N.E. Investigadores da Luz – NEIL (Rua Boa Esperança, 91/93, São José, Recife)

 

ANIVERSÁRIO DO GRUPO ESPÍRITA JULIO CÉSAR

Tema central: Vida, Desafio e Soluções

Data: de 3 a 31 de julho

Horário: 16h30

Local: G.E.Julio César (Rua Antonieta Guimarães de Andrade, 56, Rio Doce, Olinda)

Expositores: Lourenço Barros (dia 03), Rosemere Kiss (dia 10), Adriana Moura (dia 17), Frederico Menezes (dia 24) e Bruno Tavares (dia 31)

Informações: 8508.2696 / 3432.2741 ou grupoespiritajuliocezar.blogspot.com

 

9º FESTA JUNINA – O ARRAIAL DO BRASIL

Data: 4 de julho

Horário: das 19h às 17h

Local: Lar de Clara, em Pontezinha/PE

Atrações: Cristina Amaral, Israel Filho, Banda Big Bíteres, Hélio Donato e banda e, Marcelo Góes.

Ingressos: R$ 3,00 (Toda renda será revertida para o Lar de Clara)

Informações: 3479.4081 / 3343.7980

 

SEMINÁRIO “PARANORMALIDADE E ESPIRITUALIDADE

“Da Mediunidade à Transcomunicação – O que a Ciência tem a dizer”

Expositor: Clovis Nunes

Data: 04 de Julho

Horário: Das 08h às 18h.

Local: Auditório Tabocas – Centro de Convenções de Pernambuco, em Olinda

Ingresso: R$ 20,00 (até o dia 26/06) – R$ 30,00 (após o dia 26/06)

Realização: Grupo de Assistência Mediúnica – GAM (Rua Trajano Mendonça 200 – Torre) Contatos: 3446.2650 GAM / 9977.4163 Tereza / 9147.6477 João Carlos

 

PALESTRA “APARIÇÃO E MATERIALIZAÇÃO DE ESPÍRITOS”

Expositor: Francisco Barbosa (Bom Jardim)

Data: 5 de julho

Horário: 20h

Local: Fundação Espirita Dr. Adolph Fritz (R. Antonio Rangel, 128 Encruzilhada – Recife)

 

IV CURSO DE ARTE E CULTURA PARA EDUCADORES ESP. INFANTO-JUVENIS

Tema Central: A Arte de Educar com Arte

Data: 17 e 18 de julho

Horário: das 8h às 17h

Local: Comissão Estadual de Espiritismo – CEE (Rua Iguatu- 135- Campina do Barreto, Recife)

Inscrição: R$ 15,00 (incluindo os 2 almoços + lanches )

Locais de inscrição: CEE (terças e quintas à tarde) / por e-mail: cij.cee@gmail.com

Por telefone: 3427.2328 (Arlene) / 9133.5621 (Virgínia)

Prazo máximo para entrega das inscrições: 15 de julho de 2010

Informações: 3451.9808 (CEE)

 

ENCONTRO LUZ, ARTE…AÇÃO!

Data: 18 de julho

Horário: das 14h30 às 17h45

Local: Sindicato dos Trabalhadores de Fiação e Tecelagem de Paulista (em frente ao Teatro Paulo Freire)

Palestra: “Lindos casos de Chico” com Alysson Guedes
Atrações: Grupo Musical Renovart, Grupo Teatral Andarilho e o Grupo PACO KAJA AMO
Ingresso: R$ 3,00

Realização: Sociedade Espírita 18 de Abril – SEDA

 

SIMPÓSIO DE ESTUDOS E PRÁTICAS ESPÍRITAS DE PE – SIMESPE

Tema: Espiritismo e os desafios dos tempos atuais. Conflitos humanos na transição do planeta.

Data: de 30 de julho à 1º de agosto

Local: Teatro Guararapes, Centro de Convenções de PE

Expositores: Carlos Baccelli (MG), André Trigueiro (RJ), Fábio Barros (PE), Simão Pedro (MG), Lourenço Barros (PE), Décio Iandoli (SP), Marcel Mariano (BA).

Evento paralelo: Simespinho

Ingressos: R$ 30,00 (até 31 de maio) / R$ 35,00 (a partir de 1º de junho)

Realização: Grupo Esp. Seara de Deus, Janga/Paulista

Informações: 3434.1128

 

OUTROS EVENTOS

 

I FESTIVAL ESPÍRITA DE MÚSICA INFANTO-JUVENIL – FEMI.
Inscrições: de 1º de junho a 31 de julho

Cada grupo ou artista deverá encaminhar à CEE um CD com a música e a letra impressa 8 cópias.

 

O evento promovido pela COMISSÃO ESTADUAL DE ESPIRITISMO – CEE, tem por objetivo incentivar e difundir a música espírita, incentivar o aprimoramento técnico dos artistas espíritas, bem como subsidiar a prática dos educadores espíritas infanto-juvenis.
Ele acontece no dia 12 de setembro de 2010, das 09h30 às 18h, no Teatro Beberibe, do Centro de Convenções de Pernambuco. Podem participar grupos de Pernambuco e de outros estados.

O regulamento do I FESTIVAL ESPÍRITA DE MÚSICA INFANTO-JUVENIL pode ser solicitado através do email: cij.cee@gmail.com
Mobilize o seu grupo e participe!!!!

Semana Espírita de Barretos e Região

 

 

Definida programação da 49ª Semana Espírita Intermunicipal Barretos

A União das Sociedades Espíritas – Intermunicipal Barretos irá promover a 49ª Semana Espírita de Barretos, de 12 a 30 de julho. Antes separada entre Semana Espírita de Barretos e Semana Espírita Regional, o evento agora abrange as palestras de todas as cidades vizinhas em uma única denominação, focando a idéia de unificação do Movimento Espírita na região.

A programação foi definida e as palestras trazem temas atuais sob a visão do Espiritismo, com oradores de várias cidades. Confira abaixo:

Dia

Orador

Tema

BARRETOS

12

EDEGAR TÃO(Ribeirão Preto/SP)

“O Livro dos Espíritos e a nova era da humanidade”

13

ISMAEL BATISTA (Guaxupé/MG)

“Como bem aproveitar a existência”

14

AGNALDO PAVIANI (Votuporanga/SP)

“Médiuns, como estão? Para onde vão?”

15

ALUÍSIO ELIAS (Uberaba/MG)

“O homem de bem”

16

PLÍNIO DE OLIVEIRA (Curitiba/PR)

“A sinfonia de amor”

17

ANGÉLICA COSTA MAIA (Lavras/MG)

“Atitudes de amor”

18

ROUVEL ROCCA RAVENA (Frutal/MG)

“As portas que se abrem”

COLINA

19

SERGINHO VINÍCIOS GRANDE (Araraquara/SP)

“Atitudes renovadas”

20

VANDERLEI LUIS MIRANDA(Sertãozinho/SP)

“Imunidade psíquica; pequenos cuidados, grandes conquistas”

< p>

Encontro Regional Leste (Três Lagoas, MS)

Três Lagoas-MS, 26 e 27 de junho de 2010

Local: Grupo Assistencial Espírita A Candeia

R. Manoel Pedro de Campos, 253 – N. Sra. Aparecida

 

Objetivo: Proporcionar a troca de experiências entre a equipe dirigente da FEMS com as lideranças responsáveis pela dinamização do Movimento Espírita Federativo em âmbito estadual, para uma melhor integração nas ações de estudo, divulgação e prática da Doutrina Espírita.
PROGRAMAÇÃO
¨ Sábado, dia 26

 

13h30 – Abertura e prece

Paulo César Rodrigues – Coordenador da URE de Três Lagoas

13h40 – Socialização

13h50 – Unificação: um projeto permanente

Maria Túlia Bertoni – Presidente da FEMS

15h15 – Intervalo

15h30 – O Centro Espírita e suas responsabilidades: Doutrinárias e Administrativas –

Darlene M. G. B. Cavalcante – 1ª Vice-Presidente da FEMS

Gerson Queiroz da Silva – 2º Vice-Presidente da FEMS

17h – Encerramento

 

PALESTRA PÚBLICA

“Lei de Causa e Efeito: Justiça e Misericórdia de Deus”

Palestrante: Maria Túlia Bertoni

Presidente da FEMS

Horário: 19h30

Local: Grupo da Fraternidade Espírita José Xavier

R. Zuleide Peres Tabox, 751 – Centro

¨ Domingo, dia 27

8h30 – Trabalho em Grupo

9h30 – Centro Espírita: Aspectos Jurídicos

Darlene M. G. B. Cavalcante – 1ª Vice-Presidente da FEMS

Gerson Queiroz da Silva – 2º Vice-Presidente da FEMS

10h15 – Intervalo

10h30 – Informes relevantes – Ações realizadas

11h45 – Considerações Finais

12h – Encerramento / Almoço

 

(Informação em email de Laine Zuque)

Palestras Públicas na Aliança Espírita Varas da Videira (Araçatuba, SP)

ALIANÇA ESPÍRITA “VARAS DA VIDEIRA”

RUA BERNARDINO DE CAMPOS, 363, CENTRO, ARAÇATUBA, SP

Image

ESCALA DE PALESTRAS PÚBLICAS: JULHO DE 2010

HORÁRIO 20 HORAS. ENTRADA LIVRE

DATA

TEMA

FONTE

ORADOR

02

BUSCAI E ACHAREIS

ESE CAP. XXV

JOSÉ SYLVIO NOBRE MÓDENA

09

PALESTRA “TESTEMUNHO PESSOAL- O MAIOR DESAFIO DA ATUALIDADE”

LIVRE

GERALDO CAMPETTISOBRINHO (BRASILIA, DF)

16

DAÍ GRATUITAMENTE O QUE GRATUITAMENTE RECEBESTES

ESE CAP XXVI

LUIZ CARLOSROCHA

23

PEDI E OBTEREIS

ESE CAP XXVII

IVANA NOBREMÓDENA

30

COLETÂNEA DE PRECES ESPÍRITAS

ESE CAP XXVIII

MARIA DA GRAÇA GALETTI

 

* ESE- O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO