[Projeto Revivescer] O Decálogo Espírita, por Carlos A. Bacelli

A continuação da obra de Kardec através de Chico e os fundamentos que constituem o decálogo espírita

No dia 21 de Outubro de 2017, como parte do Projeto Revivescer Chico Xavier, o Grupo Espírita Maria de Nazaré, de Votuporanga, SP, recebeu Carlos A. Bacelli, de Uberaba.

Dispensando o tradicional foco na figura humana de Chico Xavier, Bacelli concentra sua palestra na possibilidade da obra mediúnica do médium mineiro ser uma continuação da obra codificadora de Allan Kardec, e também na tese de que Chico seria a própria reencarnação do notável codificador da doutrina espírita.

Também são abordados os princípios básicos da Doutrina Espírita, um decálogo espírita.

 

Se estiver com problemas para assistir o vídeo, clique aqui

Bacelli também faz um apelo sobre a necessidade de um maior estudo e aprofundação sobre a obra mediúnica de Chico.

“A tarefa dos espíritos através de Chico Xavier foi a de trazer a doutrina codificada no século 19 para o século 20 e projeta-la para o século 21.”

Apresentação do dirigente do Grupo Espírita Maria de Nazaré, Luiz Antônio.

Preces por Ricardo Antônio dos Anjos, presidente da União das Sociedades Espíritas Intermunicipal de Araçatuba.

Outra abordagem da continuação de Allan Kardec através de Chico Xavier, por Walter Perri Cefali Junior

Site de Carlos A. Bacelli

Site do Grupo Espírita Maria de Nazaré

Música com Sérgio Santos e Marlene e poema “A Ponte de Luz” por Denise Gonçalves

Parte cultural do Projeto Revivescer Chico Xavier realizado em 21 de Outubro de 2017 em Votuporanga, SP.

O Grupo Espírita Maria de Nazaré ficou emocionado com a música e o poema que antecederam uma palestra de Carlos A. Bacelli.

Primeiramente, uma belíssima apresentação musical de Sérgio Santos e Marlene.

Em seguida, Denise Gonçalves apresentou uma emocionante declamação do poema Ponte de Luz, do espírito Maria Dolores através de Chico Xavier.

Ponte de Luz
Senão renúncia e dor, solidão e amargura…
E conquanto pratique e viva a lei do bem,
Sofre o assédio do mal que o vergasta e procura
Reduzi-lo à penúria e ao desfalecimento.
Quem busca nesta vida transitória,
Essa ponte de luz para a eterna vitória
Conhecerá, de perto, o sofrimento
E há de saber amar aos próprios inimigos,
Não contará percalços nem perigos
Para servir aos semelhantes,
Viverá para o bem a todos os instantes
E mesmo quando o mal pareça o vencedor,
Confiando-se a Deus, doará mais amor…
E ainda que a morte, Pedro, se lhe imponha,
Na injustiça ferindo-lhe a vergonha,
Aceitará pedradas sem ferir,
Desculpará injúria e humilhação
Se deseja elevar o coração
À ponte para o Reino do Porvir”…

Alguns dias depois, o Cristo flagelado,
Entregue à própria sorte
Encontrava na cruz o impacto da morte,
Silencioso, sozinho, desprezado…
Terminada que foi a gritaria
Da multidão feroz naquele dia,
Ante o Céu anunciando aguaceiro violento,
Pedro foi ao Calvário, aflito e atento,
Envergando disfarce…
Queria ver o Mestre, aproximou-se
Para sentir-lhe o extremo desconforto…

Simão chorou ao ver o Amigo morto.
E ao fitá-lo, magoado, longamente
Ele ouviu, de repente,
Uma voz a falar-lhe das Alturas:
– “Pedro, segue, não temas, crê somente!…
Recorda os pensamentos teus e meus…
Esta cruz que me arrasa e me flagela
É a ponte que sonhavas, alta e bela,
Para o Reino de Deus”.

Confira também essa entrevista musicada que realizamos com Sérgio Santos em 2011, na qual ele contou vários causos da sua amizade com Chico Xavier

Perda dos Entes Queridos, por Hélio Matos Correia Junior

Hélio Matos Correa Junior: Perda dos Entes Queridos
Hélio Matos Correa Junior

Nos aproximando do Dia de Finados, apresentamos essa palestra de Hélio Matos Correia Junior. Usando como base o Livro dos Espíritos – questões 9.3.4 a 9.3.6 – Hélio faz uma reflexão sobre a perda dos entes queridos. O que os espíritos responderam a Kardec sobre isso?

O contexto histórico de Allan Kardec: uma homenagem ao consolador prometido por Walter Perri Cefali Jr

Em homenagem a Allan Kardec, Walter Perri faz relato histórico

Walter Perri Cefali Junior faz um relato histórico de como era o panorama mundial no qual se situa a vinda de Allan Kardec com sua mensagem.

Da revolução cientifica iniciada por René Descartes, passando pelo iluminismo, a medicina de Jean-Martin Charcot, a psicologia de Pierre Janet e os avanços tecnológicos, vemos o mundo se preparando para receber a obra de Kardec.

Era um mundo em transformação para que a mensagem do consolador prometido estivesse adequada

A palestra foi realizada no dia 4 de Outubro de 2017 no Centro Espírita Luz e Fraternidade, em Araçatuba, SP.

Allan Kardec

Influência do Espiritismo no progresso da humanidade, por Vanderlei Gaudino de Araujo

Vanderlei Gaudino de Araujo: Influência do Espiritismo no progresso da humanidade